Sobre locação de imóveis no Japão

Fiador

1.O que é um fiador solidário?

O fiador é uma pessoa financeiramente estável que garante ao proprietário do imóvel que, caso o locatário não possa pagar o aluguel, ele será responsável pelo pagamento.

O fiador tem quase a mesma responsabilidade que o locatário e, portanto, é recomendável que você escolha um parente. Em geral, o fiador precisa ser alguém que more no Japão.

2.Busca de fiador para não japoneses

Muitos estrangeiros têm dificuldade em encontrar um fiador. Existem condições para o fiador que podem causar o problema.

Em geral, o fiador deve ser financeiramente estável e ter cidadania japonesa. Como existe uma tradição do ditado japonês “não seja fiador dos outros”, pode ser difícil pedir a um amigo que seja seu fiador.

3.Empresa fiadora

Por haver casos em que mesmo os japoneses não podem encontrar fiadores, recentemente o número de empresas de garantia de aluguel de residência tem explodido. As regras estabelecidas por essas empresas podem variar de empresa para empresa. Por exemplo, os tipos de empresas de garantia são aquelas que obrigam a inclusão de um fiador, contato de emergência ou aquelas sem obrigação de ter fiador ou contato de emergência. Além disso, a conta do cartão de crédito pode ser usada como garantia.

A informação seguinte é sobre tarifas, mas é puramente para sua referência.

Empresas que obrigam a apresentação de um fiador
30% do aluguel de um mês, a cobrança de serviço comum, a taxa administrativa e a taxa de estacionamento são pagos ao assinar o contrato. Isso é pago somente uma vez.

Empresas que obrigam o fornecimento de um contato de emergência
De 50% a 70% do aluguel de um mês, a cobrança de serviço comum, a taxa administrativa e a taxa de estacionamento são pagos ao assinar o contrato. Isso é pago somente uma vez. Além disso, algumas empresas podem cobrar 10.000 ienes por ano a partir do segundo ano.

Esses dois casos acima são comuns. Tenha em mente que isso varia de acordo com as circunstâncias. É recomendável entrar em contato com cada empresa para verificar os detalhes específicos.
* Geralmente, a maioria das empresas fiadoras não são designadas pelo inquilino, mas pela empresa de gestão.